Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.(1 Timóteo 2:5)
ATENÇÃO:
A RÁDIO ESTÁ EM MANUTENÇÃO!

RÁDIO RIOS DE ÁGUA VIVA

29 de março de 2014

Você não é um acidente



Seu nascimento não foi um erro nem um infortúnio, e sua vida não é um acaso da natureza. Seus pais podem não tê-lo planejado, mas Deus certamente o fez. Ele opera por meio de erros e fracassos também e não ficou nem um pouco surpreso com seu nascimento. Aliás, ele o aguardava.

Você não estava respirando neste exato momento por acaso, sorte, destino ou coincidência. Você está vivo porque Deus quis cria-lo! A Palavra de Deus diz: O Senhor cumprirá o seu propósito para comigo (Sl 138.8).

Deus determinou cada pequeno detalhe de nosso corpo. Deliberadamente escolheu sua raça, a cor de sua pele, seu cabelo e todas as outras características. Ele fez seu corpo sob medida, exatamente do jeito que queria. Também determinou os talentos naturais que você possuiria e a singularidade de sua personalidade. A Bíblia diz: Tu (Deus) me conheces por dentro e por fora, conheces cada osso do meu corpo; conheces exatamente como fui formado, parte por parte, como fui esculpido e vim a existir.

Uma vez que Deus o fez por um motivo, também decidiu o momento de seu nascimento e seu tempo de vida. Planejou os dias de sua vida antecipadamente, escolhendo o momento exato de seu nascimento e de sua morte. A Bíblia diz: Antes mesmo de o meu corpo tomar forma humana Tu já havias planejado todos os dias da minha vida; cada um deles estava registrado no teu livro.

Deus também programou onde você nasceria e onde viveria para o propósito dele. Sua raça e nacionalidade não são acidentais; Deus não deixou nenhum detalhe ao acaso. Ele planejou isso tudo para o propósito dele. A Bíblia diz: De um só fez ele todos os povos [...] tendo determinado os tempos anteriormente estabelecidos e os lugares exatos em que deveriam habitar. Nada em sua vida acontece a esmo: tudo foi feito em função de um propósito.

E o mais incrível: Deus decidiu como você nasceria. Independentemente das circunstâncias de seu nascimento e de quem são seus pais, Deus tinha um plano ao cria-lo. Não importa se seus pais foram bons, ruins ou indiferentes. Deus sabia que esses dois indivíduos possuíam a constituição genética específica para cria-lo exatamente como ele imaginou. Possuíam o DNA que Deus queria para formá-lo. Embora existam pais ilegítimos, não há filhos ilegítimos. Muitos filhos não foram planejados pelos pais, mas não são um imprevisto para Deus.

O propósito de Deus levou em conta o erro humano e até mesmo o pecado. Isso não significa que Deus cause ou desconsidere o pecado, mas que é capaz de redimir qualquer situação e de usá-la para seus desígnios.

Portanto, independentemente das circunstâncias de seu nascimento, você pode comemorar o fato de que Deus o criou para que fosse exatamente como é. O Senhor nunca faz nada por acaso e ele nunca comete erros. Ele tem um motivo para tudo que criou. Toas as plantas e animais foram planejados por Deus, e cada pessoa foi idealizada com um propósito. O motivo de Deus tê-lo criado foi o amor. A Bíblia diz: Muito antes de estabelecer as fundações da terra, Deus já nos tinha em mente, tendo nos escolhido como foco do seu amor.

Deus já pensava em você antes de formar o mundo. Na verdade, você foi o motivo de Deus ter criado o mundo! Deus projetou o meio ambiente deste planeta para que pudéssemos viver nele. Nós somos o objeto de seu amor e o elemento mais valioso de toda a sua criação. A Bíblia diz: Por sua decisão ele nos gerou pela palavra da verdade, a fim de sermos como que os primeiros frutos de tudo o que ele criou (Tg 1:18). Eis quanto Deus o ama e valoriza!

Deus não age de forma aleatória; ele planejou tudo de modo extremamente preciso. Quanto mais os físicos, os biólogos e outros cientistas aprendem sobre o universo, mas compreendemos quanto ele é adequado a nossa existência: feito sob medida com as exatas especificações que tornam a vida humana possível.

Está escrito: Ele é Deus; que moldou a terra e a fez, ele funou-a; não a criou para estar vazia, mas a formou para ser habitada.

Por que Deus fez tudo isso? Por que enfrentou todo o incômodo de criar um Universo para nós? Porque ele é um Deus de amor. Esse tipo de amor é difícil de compreender, mas é essencialmente confiável. Você foi criado para ser alvo especial do amor de Deus! Deus o fez para amá-lo. Essa é uma verdade sobre a qual precisa edificar sua vida.

A Bíblia diz que Deus é amor. Ela não diz que Deus tem amor, mas sim que ele é amor! Amor é a essência do caráter de Deus. Ele é perfeito e completo, por isso, não precisava cria-lo. Deus não estava só, mas quis fazê-lo para expressar seu amor. Deus diz: Vocês, a quem tenho sustentado desde que foram concebidos, e que tenho carregado desde o seu nascimento. Mesmo na sua velhice, quando tiverem cabelos brancos, sou eu aquele, aquele que os susterá. Eu os fiz e os levarei; eu os sustentarei e os salvarei.

Se não houvesse Deus, seríamos todos “acidentes”, o resultado de um fato extraordinariamente aleatório no Universo. Você poderia parar de ler isto, pois a vida não teria nenhum propósito, significado ou importância. Não haveria certo e errado, bem e mal e nenhuma esperança além de seus breves anos aqui na terra. A vida teria uma existência insignificante e a morte seria o fim de tudo.

Mas há um Deus que o fez por uma razão, e sua vida tem um profundo significado! Descobrimos esse significado e propósito somente quando tornamos Deus o ponto de referência para nossa vida. Romanos 12.3, diz o seguinte: A única forma precisa de compreendermos a nós mesmo é pelo que Deus é e pelo que ele faz por nós.

Para sua reflexão: Você não é um acidente!

Pr. Aragão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário